Usos, efeitos colaterais e benefícios


Se você comprar algo através de um link nesta página, podemos receber uma pequena comissão. Como isso funciona.

Clary sage, também conhecido como Salvia sclarea, é uma planta nativa da bacia do norte do Mediterrâneo. É amplamente utilizado para fins medicinais e como tempero.

Muitas partes da planta de sálvia podem ser usadas, incluindo folhas, flores, caules e sementes. Em práticas alternativas de saúde, o óleo essencial de sálvia é usado na aromaterapia.

Neste artigo, examinamos os usos e os benefícios sugeridos para a saúde do óleo de sálvia. Também veremos se há alguma evidência científica para apoiar essas alegações. Também examinamos como o óleo é usado e quais efeitos colaterais podem ocorrer.

Óleo de sálviaCompartilhar no Pinterest
O óleo de sálvia pode ter propriedades como efeitos antidepressivos, melhor digestão e alívio do estresse.

Aromaterapeutas e profissionais de saúde alternativos relacionados geralmente usam o sábio da clary como um óleo essencial em seus tratamentos, e os apoiadores acreditam que ele tem muitos benefícios à saúde.

As pessoas podem usar o óleo para uma ou mais de suas propriedades em potencial, incluindo:

  • efeitos antidepressivos
  • efeitos anti-inflamatórios
  • digestão melhorada
  • efeitos antibacterianos
  • alívio de estresse
  • circulação melhorada

Abaixo está uma lista de possíveis benefícios à saúde do óleo de clary. Vale ressaltar que muitos dos estudos listados abaixo envolveram um pequeno número de participantes ou foram realizados em animais e não em humanos.

Efeitos antidepressivos

Um estudo de 2010 publicado no Jornal de Etnofarmacologia investigaram os efeitos antidepressivos e de combate ao estresse de vários óleos essenciais diferentes em ratos. Os óleos utilizados incluíam sálvia, camomila, alecrim e lavanda.

O estudo constatou que, de todos os óleos testados, o óleo de sálvia apresentou o efeito anti-estresse mais potente.

Os pesquisadores concluíram que o óleo de sálvia pode ser um tratamento eficaz para pessoas que sofrem de depressão. Eles também sugeriram que o efeito do óleo estava intimamente ligado ao hormônio dopamina, que faz bem-estar.

Efeitos de redução da pressão arterial e anti-ansiedade

Um estudo publicado em 2013 no Revista de Medicina Alternativa e Complementar descobriram que o óleo de sálvia inalado reduziu significativamente a pressão sanguínea e acalmou a respiração de mulheres com incontinência urinária em avaliação. O artigo inclui a sugestão de que o óleo inalado de sálvia pode ser uma maneira eficaz de promover o relaxamento.

Outra parte da pesquisa publicada no Journal of Medicinal Food descobriram que a inclusão de óleo de sálvia na comida de indivíduos animais leva a uma redução significativa no comportamento dominante e ansioso.

Efeitos anti-inflamatórios

Pesquisa publicada no Jornal de Etnofarmacologia em 2017 descobriram que um extrato de sálvia tinha efeitos anti-inflamatórios significativos em ratos. Os pesquisadores concluíram que o extrato de sálvia pode ser um tratamento eficaz para a periodontite inflamatória da gengiva.

Vale a pena notar que o estudo também descobriu que a aplicação do mesmo extrato de sálvia 3 dias antes da infecção não parecia ter um efeito preventivo.

Função mental melhorada

Pensa-se que diferentes plantas sábias melhoram a função mental de várias maneiras. Uma revisão de 2017 analisou os efeitos de várias plantas de sálvia, incluindo a sálvia. O autor descobriu que as plantas sálvia parecem estar associadas à melhora da memória, maior atenção e possíveis efeitos no combate à doença de Alzheimer.

A mesma revisão também observou os efeitos antidepressivos e anti-estresse do clary sage mencionados acima.

Efeitos antibacterianos

Muitos óleos essenciais, incluindo o óleo de sálvia, têm qualidades antibacterianas. Um estudo de 2015, analisando os efeitos antibacterianos do óleo essencial de sálvia, descobriu que suas qualidades antibacterianas funcionavam contra todas as cepas de bactérias testadas.

O óleo essencial de sálvia também foi encontrado para reduzir o crescimento de E. coli significativamente e parecia atacar células bacterianas de várias maneiras diferentes.

Outras pesquisas também sugeriram que alguns dos componentes químicos da sálvia têm efeitos antifúngicos.

Um estudo de 2017 comparando os efeitos antibacterianos e antifúngicos de seis diferentes óleos essenciais também constatou que a sálvia tinha efeitos antibacterianos e antifúngicos. No entanto, esses efeitos foram menos significativos que a maioria dos outros óleos testados.

Compartilhar no Pinterest
O óleo de sálvia pode ser difundido no ar com um queimador de óleo essencial.

Como a pesquisa encontrou efeitos positivos do óleo de sálvia quando inalado, tomado pela boca e aplicado diretamente em áreas inflamadas do corpo, existem muitas opções de como alguém pode usá-lo. Os usuários devem ter certeza de selecionar 100% de óleo essencial.

Aromaterapia: Cerca de 2 a 3 gotas de óleo de sálvia, como essas, podem ser misturadas com água e outros óleos essenciais e difundidas no ar através de um queimador de óleo essencial. Quando vaporizado, o óleo de sálvia pode ajudar a combater bactérias e outros germes no ar

Pele: Adicione cerca de 6 gotas de óleo de sálvia a 1 oz. de óleo transportador, como óleo de coco, e esfregue diretamente em uma área ferida ou massageie a pele. Adicione de 3 a 5 gotas de óleo essencial à água do banho para aliviar os músculos doloridos e melhorar o humor. Quando esfregado em uma área lesionada, pode ter um efeito anti-séptico, anti-inflamatório e anestésico direto.

Oral: Adicione cerca de 1 a 2 gotas de óleo essencial 100% ao chá, smoothies ou alimentos para obter um efeito calmante e ajudar a reduzir a inflamação nas gengivas. O Guia Padrão Natural de Ervas e Suplementos declara que 25-50 microlitros (ou 1/2 a 1 gota) podem ser tomados por via oral uma a três vezes ao dia.

Todos esses usos parecem seguros e podem ser benéficos.

O óleo de sálvia parece seguro para uso.

Várias fontes afirmam que o óleo de sálvia aumenta o estrogênio no corpo, mas pelo menos um estudo de 2017 que investigou os efeitos do estrogênio de diferentes óleos essenciais não parecia concordar. O estudo sugeriu, no entanto, que o gerânio e os óleos essenciais de rosas e outros podem aumentar o estrogênio.

Outros supostos riscos ou efeitos colaterais do óleo de sálvia parecem ser amplamente anedóticos e parecem não ser bem apoiados por pesquisas.

Uma precaução razoável seria testar uma pequena área da pele antes de aplicar o óleo em grandes áreas da pele e evitar o uso de óleo de sálvia antes de dirigir ou operar máquinas pesadas. As pessoas também devem parar de usar o óleo de sálvia e consultar um profissional médico se surgirem problemas.

A Administração de Medicamentos e Alimentos dos Estados Unidos (FDA) não regula os óleos essenciais. As pessoas que desejam usá-los devem falar primeiro com seu médico e obter os óleos de um fornecedor respeitado.

Uma grande quantidade de pesquisas sugere que o óleo de sálvia pode ter muitos benefícios para a saúde.

Esses benefícios incluem efeitos antidepressivos e anti-estresse, provavelmente ligados ao hormônio dopamina. Esses efeitos podem tornar a sálvia um remédio natural eficaz para o mau humor. Vale ressaltar que muitos estudos não envolvem grandes grupos de seres humanos.

Também foi demonstrado que o óleo de sálvia diminui a pressão sanguínea, alivia a ansiedade e é um ótimo redutor de estresse geral. Há alguma sugestão de que, como membro da família dos sábios, possa até ter um impacto positivo na memória e na função mental.

Finalmente, demonstrou-se que o óleo de sálvia tem excelentes efeitos anti-inflamatórios e antibacterianos moderados, além de propriedades anestésicas. Vale lembrar, porém, que o óleo de sálvia não parece impedir a inflamação, mas, em vez disso, atua como um tratamento para ela.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.