Número de mortos sobe para 66 após barco de Bangladesh lotado de peregrinos virar


Equipes de resgate no norte de Bangladesh encontraram mais corpos de um barco superlotado que virou em um dos piores desastres fluviais recentes do país, elevando o número de mortos para 66, disseram autoridades.

Pelo menos mais 15 pessoas ainda estão desaparecidas, disse Dipankar Roy, um alto funcionário do governo no distrito de Panchagarh, onde o barco virou no domingo.

Cerca de 100 peregrinos hindus estavam cruzando o rio Karatoa na área de Boda para celebrar um festival religioso em um templo quando seu barco virou, de acordo com imagens de vídeo na mídia local.

Pouco antes do acidente, espectadores da margem do rio gritavam para que os barqueiros navegassem com cuidado.

O chefe de polícia local, SM Sirajul Huda, disse que as buscas continuariam.

A comunidade hindu, a segunda maior do país de maioria muçulmana, está se preparando para celebrar um de seus maiores festivais religiosos, Durga Puja, no próximo mês.

Cerca de 32.000 marquises estavam sendo preparadas em Bangladesh, onde os ídolos da deusa Durga serão colocados para adoração durante o festival.

As autoridades ordenaram segurança reforçada para os templos e marquises improvisadas porque as celebrações anteriores foram marcadas pela violência comunitária em alguns lugares.

Cerca de 8% dos mais de 160 milhões de pessoas em Bangladesh são hindus.

Acidentes de barco são comuns por causa da má navegação, superlotação e aplicação da lei negligente na nação do delta atravessada por cerca de 130 rios.

No ano passado, um naufrágio de uma balsa matou pelo menos 34 pessoas, enquanto um incêndio em outra deixou pelo menos 39 mortos.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.