Regulador de telecomunicações: regulador de telecomunicações da África do Sul cobrará operadoras pelo espectro de emergência – Últimas Notícias


Regulador de telecomunicações da África do Sul ICASA disse na sexta-feira todos os licenciados que desejam usar até 31 de março espectro temporário concedida durante o bloqueio terá de pagar as taxas de licença prescritas.

A Autoridade Independente de Comunicações da África do Sul (ICASA) alocou o espectro de emergência adicional para várias operadoras móveis e outras licenciadas em abril para atender a um pico na demanda de Internet durante o bloqueio induzido por coronavírus.

Naquela época, o regulador não exigia nenhuma cobrança de taxa pelo uso desse espectro.



“Estamos cientes de que os licenciados geraram e relataram crescimento de receita durante este período”, disse o presidente da ICASA, Keabetswe Modimoeng.

“Resolvemos, portanto, que, além do cumprimento das obrigações impostas com a liberação de espectro temporário, a extensão do uso do espectro deve ser paga conforme previsto nos regulamentos alterados”.

De acordo com a alteração do ICT COVID-19 National State of Disaster Regulations, os licenciados pagarão taxas de licença rateadas em termos dos regulamentos de taxas de licença do espectro de radiofrequência.

O regulador prorrogou a data em que o espectro deveria ser devolvido a ele de 30 de novembro para o mais tardar em 31 de março de 2021 devido aos atrasos no leilão de espectro de alta demanda para 5G.


Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.