Marcus Rashford apoia campanha de leitura Aldi para doar 100.000 livros para crianças


Marcus Rashford apoiou uma campanha do supermercado Aldi para doar 100.000 livros para crianças neste verão.

O jogador de futebol do Manchester United e da Inglaterra disse que começou a ler livros na adolescência, mas o “escapismo e a alegria” da leitura poderiam tê-lo beneficiado significativamente quando criança.

“Eu não lia direito até os 17 anos, e não quero isso para outros como eu”, disse Rashford.

“O escapismo e a alegria que você pode obter ao ler poderiam ter me beneficiado significativamente quando criança.”

Como parte da campanha, Rashford narrou uma animação chamada My Reading Journey, que foi encomendada por Aldi e ilustrada por Lisa Stickley.

Como parte da campanha, o jogador e ativista do Manchester United Marcus Rashford narrou uma animação chamada My Reading Journey (Aldi/PA)

A história segue um menino que é presenteado com um livro por seu vizinho e mostra como sua jornada de ônibus é transformada enquanto ele lê e imagina os diferentes personagens.

Rashford disse: “A questão sempre foi acesso e representação – duas áreas nas quais o Marcus Rashford Book Club se concentra”.

“Lutamos para colocar comida na mesa, sobrou muito pouco dinheiro para coisas como livros, por isso é ótimo ver Aldi se preparando para atender à crescente necessidade de acesso a livros em comunidades como a minha.

“É importante que as crianças possam ver um mundo muito maior do que o que veem à sua porta e isso pode ser alcançado através dos livros.”

De acordo com uma pesquisa do National Literacy Trust, uma em cada 17 crianças no Reino Unido não tem um livro próprio em casa.

As instituições de caridade estão prevendo que esse número pode aumentar no próximo ano devido à crise do custo de vida.

Os 100 mil livros doados pela Aldi serão produzidos pela Macmillan Children’s Books e distribuídos com o apoio da instituição de caridade Magic Breakfast, que oferece café da manhã gratuito para crianças e jovens de escolas de áreas carentes.

Cópias adicionais também serão doadas através da plataforma de doação Neighbourly.

Os clientes foram incentivados a doar fundos adicionais para a campanha, com £5 equivalendo ao custo de aproximadamente dois livros de presente.

Giles Hurley, CEO da Aldi Reino Unido e Irlanda, disse: “Na Aldi, acreditamos que o acesso a livros, assim como comida de qualidade, deve ser um direito, não um privilégio; toda criança merece experimentar a magia da leitura.

“Não estamos apenas doando mais de 100.000 livros para crianças que precisam, esta campanha também visa ajudar a aumentar a conscientização sobre o número crescente de crianças que não têm acesso a seus próprios livros em casa, para que aqueles que têm a sorte de faça isso, tenha a chance de ajudar também.”

Para mais informações e para doar um livro para uma criança carente, acesse: www.aldi.co.uk/donatebooks



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.