Ex-guarda-redes do Rangers e da Escócia, Andy Goram morre aos 58 anos


O ex-guarda-redes do Rangers e da Escócia, Andy Goram, morreu aos 58 anos.

Goram revelou em uma entrevista ao Daily Record em maio que havia sido diagnosticado com câncer terminal.

Ele disse que recebeu cerca de seis meses de vida por médicos depois de recusar a chance de quimioterapia, o que pode prolongar sua vida por mais três meses.

“O Rangers Football Club está hoje profundamente triste em anunciar a morte de nosso lendário goleiro, Andy Goram, após uma curta batalha contra o câncer”, disse um comunicado do clube.

“Em uma pesquisa de torcedores de 1999, ele foi eleito o maior goleiro do Rangers de todos os tempos e, após a aposentadoria, ainda era um rosto regular em Ibrox em dias de jogos e ainda impressionava a multidão com algumas aparições memoráveis ​​em times lendários.

“Os pensamentos dos diretores, gerentes, jogadores e funcionários estão hoje com a família de Andy e pedem que sua privacidade seja respeitada neste momento triste”.

Goram, nascido em Bury, começou sua carreira em Oldham antes de se mudar para o norte para jogar pelo Hibernian entre 1987 e 1991.

Goram fez 260 jogos pelo Rangers entre 1991 e 1998, onde era simplesmente conhecido como ‘O Goleiro’, conquistando cinco títulos da liga, três Copas da Escócia e duas Copas da Liga.

Ele jogou 43 partidas pela Escócia e foi o goleiro titular na Euro 92 e na Euro 96.

Depois do Rangers, ele jogou pelo Notts County, Sheffield United, Motherwell, Manchester United, Hamilton, Coventry, Oldham, Queen of the South e Elgin.

Goram fez parte do time do Manchester United que venceu a Premier League em 2001, fazendo duas aparições pelos Red Devils.

No Queen of the South, ele se tornou o primeiro jogador a completar o conjunto de medalhas escocesas quando conquistou uma medalha da Challenge Cup ao lado dos prêmios dos vencedores na Premiership, Scottish Cup e League Cup.

Ele também ganhou internacionalizações pela Escócia como jogador de críquete.

Goram continua sendo a única pessoa a ter jogado uma partida internacional de primeira classe no críquete, bem como uma grande partida internacional de futebol pela Escócia.

O ex-companheiro de equipe do United Gary Neville twittou: “Notícias terrivelmente tristes sobre Andy Goram. RIP Andy. Amor a toda a sua família.”



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.