Causas em homens e mulheres


Baixa libido, ou desejo sexual reduzido, pode afetar homens e mulheres. Não é incomum que o interesse de uma pessoa pelo sexo flutue durante diferentes períodos de sua vida devido a alterações hormonais, idade e estresse.

No entanto, a baixa libido pode ser um problema se causar estresse, afetar o bem-estar geral de uma pessoa ou causar ansiedade sobre seu relacionamento.

A baixa libido pode ter uma causa médica subjacente ou pode ser devido a fatores do estilo de vida. Neste artigo, exploramos as causas da baixa libido em homens e mulheres, os possíveis tratamentos e quando falar com um médico.

Causas da baixa libido em homens e mulheres incluem:

Condições crônicas

Várias doenças crônicas podem afetar a função sexual. Esses incluem:

  • Diabetes: Níveis elevados de açúcar no sangue podem causar danos vasculares e nervosos. Esses efeitos podem resultar em disfunção erétil nos homens e diminuição do fluxo sanguíneo para os órgãos genitais nas mulheres. Mulheres com diabetes também podem ter taxas mais altas de infecções por fungos e bexiga, o que pode tornar o sexo doloroso ou desconfortável.
  • Osteoartrite: As pessoas que experimentam dores nas articulações e rigidez podem ter mais dificuldade em participar de atividades sexuais.
  • Doença cardíaca: As doenças cardíacas podem levar a vasos sanguíneos danificados e diminuição da circulação. Esse dano pode reduzir o fluxo sanguíneo para os órgãos genitais, diminuindo a excitação ou a lubrificação.
  • Pressão alta: A pressão alta também pode afetar a circulação sanguínea.
  • Câncer: Os tratamentos para o câncer, incluindo cirurgia, quimioterapia e radiação, podem afetar a libido.
  • Apneia obstrutiva do sono: Pesquisas sugerem que a apneia obstrutiva do sono não tratada pode causar sintomas de baixa libido.

Medicamentos

Alguns medicamentos podem causar disfunção sexual ou desejo sexual reduzido. Esses medicamentos incluem:

  • antidepressivos com efeitos serotoninérgicos
  • antipsicóticos que aumentam os níveis de prolactina
  • medicamentos para aumento da próstata, incluindo finasterida e dutasterida
  • contraceptivos hormonais
  • medicamentos para pressão alta

O uso recreativo de drogas ou o consumo excessivo de álcool pode resultar em baixa libido.

Fatores emocionais e psicológicos

Muitos fatores emocionais e psicológicos podem afetar o desejo de uma pessoa por sexo.

Problemas de saúde mental resultantes de ansiedade, depressão, fadiga, baixa auto-estima ou abuso sexual anterior podem diminuir o interesse de uma pessoa em atividade sexual.

Problemas de relacionamento, incluindo falta de confiança, conflito e falta de comunicação, também podem diminuir o desejo sexual de uma pessoa.

Causas da baixa libido em mulheres podem incluir:

Menopausa

Compartilhar no Pinterest
Uma pessoa pode experimentar baixa libido devido a alterações hormonais na menopausa.

Problemas sexuais relacionados à menopausa geralmente são resultado da diminuição dos níveis de estrogênio.

A menopausa também causa uma queda na testosterona, que as fêmeas produzem em pequenas quantidades. Níveis mais baixos de testosterona podem contribuir para a falta de desejo sexual.

Após a menopausa, baixos níveis de estrogênio podem causar afinamento e secura da vagina, o que pode levar a desconforto e relações sexuais dolorosas.

Se uma pessoa sente desconforto ou dor durante o sexo, ela pode começar a associar esses sentimentos ao sexo e ter pouco ou nenhum interesse nele.

Gravidez

Alterações hormonais que ocorrem durante e após a gravidez podem afetar o desejo sexual de uma mulher. Essas mudanças afetam a todos de maneira diferente. Algumas mulheres podem ter um interesse maior em sexo, enquanto outras podem ter uma libido baixa.

Os hormônios das mulheres continuam a flutuar durante os meses pós-parto, o que também pode afetar o desejo sexual durante esse período.

Causas da baixa libido em homens podem incluir:

Baixa testosterona

A testosterona é um hormônio sexual que os machos produzem nos testículos. A testosterona é responsável por uma variedade de processos e características corporais, incluindo pêlos faciais e corporais, massa muscular, desejo sexual, produção de esperma e saúde óssea.

A baixa testosterona nos homens pode produzir outros sintomas, como seios aumentados e disfunção erétil.

Trauma testicular, quimioterapia ou radiação prévia, uso de esteróides anabolizantes, certos medicamentos e doenças crônicas podem causar baixos níveis de testosterona.

O tratamento para baixa libido geralmente depende da causa do problema.

Por exemplo, um médico pode recomendar a alteração de um medicamento que esteja causando efeitos colaterais relacionados ao sexo ou o tratamento de quaisquer condições médicas subjacentes que reduzam o desejo sexual do indivíduo.

Às vezes, mudanças simples no estilo de vida podem ajudar a pessoa a recuperar o desejo sexual. Comer uma dieta nutritiva, dormir o suficiente, reduzir ou eliminar o álcool e perder peso pode ajudar a aumentar o interesse pelo sexo e melhorar a saúde geral de uma pessoa.

Para algumas pessoas, a terapia da fala ou a terapia sexual podem ajudar. A terapia pode ajudar as pessoas a lidar com o trauma, melhorar sua auto-estima e fortalecer seu relacionamento com o parceiro.

Pesquisas descobriram que a terapia cognitivo-comportamental (TCC) e a atenção plena podem ser benéficas para algumas mulheres com disfunção sexual, como baixo desejo sexual.

Essas terapias podem ajudar a pessoa a se concentrar no prazer e no engajamento e reduzir os pensamentos negativos sobre sexo.

Terapia hormonal

Para as mulheres, um médico pode prescrever terapia com estrogênio para uma baixa libido causada por menopausa ou outras causas hormonais, embora a pesquisa ainda não tenha demonstrado ser eficaz para esse sintoma.

A terapia sistêmica com estrogênio é uma pílula que aumenta os níveis de estrogênio em todo o corpo.

O estrogênio tópico, que pode ser um creme ou anel vaginal, atua localmente para ajudar com sintomas vaginais, como secura. Pode ter efeitos colaterais, por isso é melhor consultar um médico sobre os riscos da terapia hormonal.

Se um homem tem baixos níveis de testosterona e sintomas incômodos, um médico pode recomendar terapia de reposição de testosterona. Este medicamento pode estar na forma de adesivos ou injeções tópicas.

Se a baixa libido estiver afetando significativamente a vida de uma pessoa, ela deve falar com um médico. A baixa libido pode causar estresse adicional para algumas pessoas, o que pode afetar sua saúde física e mental.

Alguns sinais de que uma pessoa deve falar com seu médico sobre baixa libido incluem:

  • relacionamento tenso com um parceiro
  • baixa auto-estima, isolamento social ou estresse, levando a uma diminuição da qualidade de vida
  • nenhuma melhora após outras tentativas de aumentar a libido

Falar sobre um baixo desejo sexual não deve causar vergonha. É uma experiência comum e pode ser um sintoma ou efeito colateral de muitos fatores diferentes.

Um médico pode ajudar uma pessoa a solucionar o problema e encontrar um tratamento eficaz, ou pode encaminhar alguém a um especialista em saúde sexual.

Homens e mulheres podem experimentar baixa libido ou desejo sexual reduzido, por uma variedade de razões diferentes, incluindo condições médicas, deficiência de hormônio ou problemas de saúde mental.

Se a baixa libido está afetando a vida de uma pessoa, eles devem discutir isso com um médico para encontrar as melhores opções de tratamento.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *