País de Gales imporá um bloqueio de ‘quebra de fogo’ de duas semanas a partir de sexta-feira


Um bloqueio “firebreak” de duas semanas será introduzido em todo o País de Gales a partir das 18h de sexta-feira, disse o primeiro ministro galês, Mark Drakeford.

Drakeford disse em uma coletiva de imprensa do governo galês em Cardiff que a medida era necessária para reduzir a propagação do coronavírus e evitar que o NHS ficasse sobrecarregado.

O bloqueio “nítido e profundo” começará às 18h do dia 23 de outubro e durará até 9 de novembro, com todos no País de Gales “obrigados a ficar em casa”.

“As únicas exceções serão os trabalhadores críticos e os empregos em que não é possível trabalhar em casa”, disse Drakeford.

Drakeford disse que o bloqueio seria um “choque curto e agudo para voltar no tempo, desacelerar o vírus e nos dar mais tempo”.

Com as medidas, todos os negócios não essenciais de varejo, lazer, hotelaria e turismo fecharão “da mesma forma que fecharam durante o bloqueio de março”.

Centros comunitários, bibliotecas e centros de reciclagem também serão fechados, enquanto locais de culto também serão fechados, exceto para funerais ou cerimônias de casamento.

As creches permanecerão abertas, com as escolas primárias e especializadas reabrindo após o intervalo de meio período.

As pessoas não poderão se encontrar em ambientes fechados ou ao ar livre com ninguém com quem não vivam, com exceção de quem vive sozinho.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.