Ken Clarke chama Boris Johnson de 'falso' depois de ser expulso de Tories


Ken Clarke se vingou de Boris Johnson por demiti-lo, ao descrever o primeiro-ministro britânico como "falso" em um discurso do Commons.

O ex-avô dos conservadores estava entre os 21 parlamentares do partido a retirar o chicote depois de ajudar a derrotar o governo em um projeto de lei para tomar o controle do documento de pedidos do Commons.

Falando depois que Johnson convocou um debate para uma eleição geral antecipada, Clarke disse: "Eu acho que o primeiro-ministro, com o maior respeito, tem uma tremenda habilidade em manter uma cara séria enquanto está sendo tão dissimulado".

O deputado independente, que já foi chanceler do partido Tory, acrescentou: "Ele agora está desesperado para ter uma eleição a fim de encerrar o processo desta Câmara e ter as eleições gerais claramente antes de 31 de outubro.

“Ele obviamente fará campanha antes disso, com base em que ele foi impedido de conseguir um acordo benéfico incrível para este país, que está sendo bloqueado por políticos continentais perversos e por parlamentares da Câmara dos Comuns que não têm noção do verdadeiro nacional interesse – que é mantê-lo no poder. ”

Clarke disse que é errado dizer que os oponentes do primeiro-ministro estão tentando reverter o Brexit, acrescentando que votaram mais frequentemente do que Johnson.

Ele acrescentou: “Ele agora é Primeiro Ministro, agora é um político responsável, com enorme responsabilidade. Exorto-o uma última vez a parar de tratar tudo isso como um jogo e a usar o tempo para realmente obter uma solução séria desses problemas impossíveis para cuidar da futura boa vontade deste país. ”

– Associação de Imprensa



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.