WhatsApp para desabilitar mensagens para usuários que não aceitam novos termos

Os usuários do WhatsApp não poderão ler ou enviar mensagens após 15 de maio se não aceitarem os termos e condições atualizados do aplicativo.

O serviço começará a exibir um alerta de banner nas próximas semanas, depois que uma tentativa anterior no início do ano foi interrompida em meio a temores de que os dados do aplicativo seriam compartilhados mais de perto com a principal rede social do Facebook.

Os usuários que não aceitarem os novos termos ainda poderão receber ligações e notificações por um “curto espaço de tempo”, mas o envio de mensagens não será possível.

Haverá uma chance de concordar após o prazo e ter todas as funcionalidades restauradas, mas o WhatsApp alertou que contas inativas geralmente são excluídas após 120 dias.

O WhatsApp enviará informações aos usuários, esclarecendo sua próxima atualização de política. (Whatsapp)

“Para dar a você tempo suficiente para revisar as alterações em seu próprio ritmo e conveniência, estendemos a data de vigência para 15 de maio”, disse o WhatsApp.

“Se você não tiver aceitado até lá, o WhatsApp não excluirá sua conta.”

No início deste ano, o aplicativo começou a enviar notificações em tela cheia para os usuários alertando-os de que eles precisavam revisar e concordar com os novos termos de serviço e política de privacidade para continuar usando a plataforma, que combinada com referências à empresa controladora Facebook, gerou confusão e preocupação entre alguns usuários sobre um possível aumento no compartilhamento de dados.

Nos dias que se seguiram, os aplicativos de mensagens rivais viram o número de downloads aumentar à medida que alguns se afastaram do WhatsApp, levando a empresa a esclarecer a natureza da mudança e atrasar seu lançamento.

A plataforma reiterou que a atualização não permitirá que o WhatsApp ou o Facebook leiam ou ouçam as mensagens enviadas pelos usuários e está focada nas mudanças de política necessárias para permitir que os usuários enviem mensagens às empresas no WhatsApp.

A maioria de nós não lê os termos e condições

“A maioria de nós não lê os termos e condições antes de aceitar as atualizações e começar a usar nossas mensagens ou outros aplicativos”, disse o Dr. Bill Mitchell, diretor de política do BCS, The Chartered Institute for IT.

“Se os lermos, é improvável que entendamos todos os aspectos do texto legal preciso.

“É por isso que é importante e bem-vindo quando as empresas de mídia social trabalham mais para resumir essas atualizações em formatos mais acessíveis e fáceis de entender.

“É vital ter transparência e comunicação clara das empresas de tecnologia sobre como elas coletam, armazenam, compartilham e processam nossos dados para entender nossas preferências e antecipar nossas escolhas”.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *