UNSC estende mandato de missão de ajuda no Afeganistão por 6 meses | Noticias do mundo


A Índia e outras nações têm repetidamente chamado o Taleban para fornecer acesso irrestrito a todos os trabalhadores de ajuda humanitária que enfatizam a terrível situação que o país enfrenta.

Por Yashwant Raj I Editado por Amit Chanda

ATUALIZADO EM 17 DE SETEMBRO DE 2021 22:41 IST

O Conselho de Segurança da ONU na sexta-feira estendeu por unanimidade o mandato da missão de assistência da ONU no Afeganistão (UNAMA) por seis meses.

A missão agora pode funcionar até 17 de março de 2022.

Em uma resolução adotada por 15-0, o Conselho de Segurança solicitou ao secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, que apresentasse um relatório até 31 de janeiro “sobre recomendações estratégicas e operacionais para o mandato da UNAMA, à luz dos recentes desenvolvimentos políticos, de segurança e sociais”.

O conselho também solicitou ao secretário-geral que informasse o órgão sobre o Afeganistão a cada dois meses até 17 de março.

A resolução do Conselho de Segurança enfatizou a “presença contínua da UNAMA, outras agências das Nações Unidas, fundos e programas em todo o Afeganistão, e apela às partes afegãs e internacionais para coordenar a implementação de seu mandato e garantir a segurança, proteção e liberdade de movimento dos Estados Unidos Nações e pessoal associado em todo o país ”.

A Índia e outras nações têm repetidamente chamado o Taleban para fornecer acesso irrestrito a todos os trabalhadores de ajuda humanitária que enfatizam a terrível situação que o país enfrenta, com níveis de pobreza programados para disparar para 92%, de acordo com o Programa de Desenvolvimento da ONU.

O Conselho de Segurança também reafirmou o estabelecimento de um “governo inclusivo e representativo”, enfatizou a importância da “participação plena, igualitária e significativa das mulheres, defendendo os direitos humanos, inclusive para mulheres, crianças e minorias”.

O conselho também reafirmou a necessidade de o Afeganistão “combater o terrorismo, incluindo aqueles designados” por um comitê do Conselho de Segurança e garantir “que o território do Afeganistão não seja usado para ameaçar ou atacar outro país, para planejar ou financiar atos terroristas para abrigar ou treinar terroristas, e nenhum grupo ou indivíduo afegão deve apoiar terroristas que operam no território de qualquer país ”.

Fechar


Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.