Tropas russas não são diferentes de terroristas do Estado Islâmico, diz Zelensky à ONU


O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky disse ao Conselho de Segurança da ONU que os militares russos devem ser levados à justiça imediatamente por crimes de guerra.

Em uma aparição em vídeo na terça-feira, ele acusou as tropas do Kremlin das piores atrocidades desde a Segunda Guerra Mundial e disse que elas não são diferentes de outros terroristas como o chamado grupo extremista Estado Islâmico.

O líder ucraniano fez seu apelo por videoconferência enquanto evidências terríveis continuavam a surgir de massacres de civis realizados por forças russas nos arredores de Kiev.

As imagens, principalmente da cidade de Bucha, provocaram repulsa global e levaram a demandas por sanções mais duras e processos por crimes de guerra contra Moscou.

Zelensky mostrou ao corpo mais poderoso da ONU um breve vídeo de cadáveres ensanguentados que terminavam com as palavras “Pare a agressão russa”.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.