Tripulação russo-americana decola para estação espacial após quarentena rigorosa

Uma tripulação espacial americana-russa partiu para a Estação Espacial Internacional após uma quarentena apertada em meio à pandemia de Covid-19.

O astronauta da Nasa, Chris Cassidy, e Anatoly Ivanishin e Ivan Vagner, da Roscosmos, decolaram conforme programado no cosmódromo de Baikonur, na Rússia, no Cazaquistão.

A sonda Soyuz MS-16 está pronta para atracar na estação seis horas depois.

Autoridades espaciais russas tomaram precauções extras para proteger a tripulação durante o treinamento e os preparativos antes do voo, já que o surto de coronavírus varreu o mundo.

Conversando com jornalistas na quarta-feira em um link de vídeo de Baikonur, Cassidy disse que a equipe esteve em “uma quarentena muito rigorosa” no mês passado e, portanto, de boa saúde.

“Todos nos sentimos fantásticos”, disse ele.




Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *