tiktok ultrapassa facebook: Este aplicativo chinês substituiu o Facebook Messenger como o segundo aplicativo mais popular do mundo – Últimas Notícias


NOVA DELI: Essa pode ser outra prova da popularidade dos chineses aplicativo de mídia social TikTok. De acordo com a Sensor Tower, TikTok já ultrapassou 700 milhões de downloads em todo o mundo.

Com esses números, o aplicativo venceu os dois Facebook e o Facebook Messenger. A dupla tem menos de 700 milhões de downloads. O TikTok foi substituído Facebook Messenger como o segundo aplicativo mais baixado de 2019. Aliás, o TikTok deve um enorme agradecimento à Índia por isso. Como o aplicativo viu um aumento de 45% na primeira vez
downloads no país durante o ano.



No entanto, propriedade do Facebook Whatsapp conseguiu manter sua posição superior com 850 milhões de downloads. O WhatsApp registrou um crescimento enorme de 39% em relação ao trimestre anterior no quarto trimestre de 2019, após a diminuição dos downloads nos quatro trimestres anteriores.

De acordo com o relatório da Sensor Tower, o aplicativo de mídia social TikTok tem usuários principalmente de adolescentes ou jovens adultos. O aplicativo permite que os usuários publiquem vídeos curtos de 15 segundos, geralmente sincronizados com a música. O aplicativo usa um algoritmo que aprende o que um usuário gosta, analisando o tipo de vídeo que ele assiste e a duração. Em seguida, ele cria um feed principal com base nesses.

No início deste mês, a empresa de pesquisa em segurança cibernética CheckPoint emitiu um aviso para os usuários do TikTok. A pesquisa da CheckPoint encontrou algumas vulnerabilidades no aplicativo TikTok que podem levar a hackers, além de comprometer as informações pessoais dos usuários.

Segundo o relatório do CheckPoint, um invasor pode enviar SMS para um usuário com um link malicioso. Quando um usuário clica no link, o hacker pode se apossar da conta TikTok e assumir o controle do conteúdo que compartilha. Isso pode significar que qualquer hacker pode excluir vídeos, fazer upload de vídeos não autorizados ou tornar públicos vídeos privados.


Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *