Sessão especial do UNHRC sobre o Afeganistão hoje. Aqui está tudo sobre a reunião | Noticias do mundo


O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (UNHRC) realizará uma sessão especial na terça-feira para tratar das “sérias questões de direitos humanos e situação no Afeganistão” depois que o Taleban assumiu em 15 de agosto, disse o órgão global em um comunicado. Esta sessão está sendo convocada com base em uma solicitação enviada em 17 de agosto pelo Paquistão, coordenador da Organização de Cooperação Islâmica (OIC), e pelo Afeganistão.

A ONU pode convocar sessões especiais apenas se um pedido receber o apoio de um terço ou 16 ou mais dos 47 membros do Conselho. Este pedido específico recebeu apoio de 89 estados até agora. Destes 89 estados, 29 estados são membros do Conselho e 60 são estados observadores.

Entre os estados membros, Índia, Bangladesh, Paquistão, Uzbequistão, México, Reino Unido, Itália, entre outros, apoiaram a convocação de uma sessão especial para discutir a situação no Afeganistão. Os estados podem se tornar signatários até o início da sessão e, portanto, todas as listas para tais sessões são consideradas provinciais.

Consulte Mais informação: O 11 de setembro se tornará o novo prazo para os EUA saírem do Afeganistão?

A Índia sempre apoiou o governo do Afeganistão ajudando os cidadãos a realizar as aspirações por um futuro pacífico, democrático e próspero, onde os direitos de todas as seções, especialmente das minorias e das mulheres, fossem garantidos. A Índia investiu quase US $ 3 bilhões em atividades de ajuda e reconstrução no país e facilitou o acesso isento de impostos ao mercado indiano.

O primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan, tem falado em apoio ao Taleban desde que assumiu Cabul, mas pediu à comunidade internacional que continue comprometida com o Afeganistão para apoiar economicamente o povo da nação devastada pela guerra. No entanto, um Paquistão cauteloso começou a cercar uma fronteira previamente aberta que compartilha com o Afeganistão, para evitar ataques de militantes transfronteiriços, 90 por cento dos quais já foram concluídos, e o restante será concluído em 2021.

A 31ª sessão especial será realizada no Palais des Nations em formato híbrido, com a maioria das intervenções sendo entregues online devido à pandemia de Covid-19 em curso, e está programado para começar às 10h de terça-feira. A reunião será transmitida ao vivo em seis idiomas oficiais da ONU: árabe, chinês, inglês, francês, russo e espanhol.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.