Senado votará no indicado de Trump para o substituto de Ginsburg

O líder da maioria no Senado dos EUA, Mitch McConnell, disse que o Senado votará na escolha do presidente Donald Trump para substituir Ruth Bader Ginsburg na Suprema Corte, apesar de este ser um ano eleitoral.

O líder republicano do Senado emitiu uma declaração na noite de sexta-feira, cerca de 90 minutos depois que a Suprema Corte anunciou a morte do juiz liberal por complicações de câncer pancreático metastático.

Quando o conservador juiz Antonin Scalia morreu em fevereiro de 2016, também um ano eleitoral, McConnell se recusou a agir sobre a indicação do presidente Barack Obama do juiz Merrick Garland para ocupar a vaga.

<figcaption class =Ruth Bader Ginsburg morreu na sexta-feira aos 87 (Craig Fritz / AP) “>
Ruth Bader Ginsburg morreu na sexta-feira aos 87 anos (Craig Fritz / AP)

A cadeira permaneceu vaga até depois da surpreendente vitória presidencial de Trump.

O Sr. Trump finalmente nomeou Neil Gorsuch, que foi confirmado para o tribunal.

Faltam 46 dias para a eleição de 2020.

O Sr. McConnell havia dito anteriormente que moveria para confirmar um indicado de Trump se houvesse uma vaga neste ano.

Enquanto isso, a presidente da Câmara dos Representantes Democrática, Nancy Pelosi, disse que a substituição de Ginsburg deveria ter um “compromisso com a igualdade, oportunidade e justiça para todos”.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *