Primeiro terminal flutuante de GNL chega a porto alemão


O primeiro de vários navios que servirão como terminais flutuantes para receber as importações de gás natural liquefeito (GNL) na Alemanha chegou ao porto de Mukran, no Mar Báltico.

Em resposta à invasão da Ucrânia pela Rússia, a Alemanha lutou para garantir fontes alternativas de gás para substituir o abastecimento russo, do qual o país dependia há muito tempo.

O Netuno de 280 metros de comprimento (918 pés) deve começar a operar nas proximidades de Lubmin em 1º de dezembro.

Unidades semelhantes de armazenamento flutuante e regaseificação estão programadas para chegar aos portos de Wilhelmshaven e Brunsbuettel no Mar do Norte ainda este ano.

Juntamente com outras medidas tomadas pelo governo alemão – como reviver carvão desativado e usinas movidas a óleo e estender a vida útil de seus três reatores nucleares restantes – “neste inverno, a segurança energética da Alemanha parece garantida”, disse o chanceler Olaf Scholz aos legisladores.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.