Presidente da Ucrânia diz que não será pressionado a abrir inquérito sobre Joe Biden


O presidente da Ucrânia diz que seu país não pode ser pressionado a abrir uma investigação sobre o candidato presidencial democrata Joe Biden ou seu filho.

O presidente Volodymyr Zelenskiy disse aos repórteres: “Não tem nada a ver comigo.

"Nossas agências policiais independentes estão prontas para investigar quaisquer violações da lei."

O presidente Donald Trump pediu a Zelenskiy, em um telefonema de julho, para "investigar" seu rival político, Biden.

Questionado na segunda-feira sobre o pedido de Trump, o líder ucraniano disse: "Não podemos ser ordenados a fazer nada.

<img src = "https: // www.
O ex-vice-presidente Joe Biden fala em um evento de campanha (John Locher / AP)
"/>
O ex-vice-presidente Joe Biden fala em um evento de campanha (John Locher / AP)

"Somos um país independente."

Ele não detalhou o que poderia desencadear uma eventual investigação.

Zelenskiy reiterou suas críticas à decisão da Casa Branca de divulgar uma transcrição grosseira da chamada de julho, que desencadeou um inquérito de impeachment no Congresso.

Ele chamou isso de "errado".

Zelenskiy disse que a Ucrânia provavelmente não divulgará sua própria transcrição.

Biden, que atuou como vice-presidente de Barack Obama, atualmente é o favorito para ganhar a indicação do Partido Democrata para desafiar Trump à presidência no próximo ano.

– Associação de Imprensa



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *