Passageiros infectados pelo Antártico retornam à Austrália

Mais de 100 passageiros de navios de cruzeiro da Austrália e Nova Zelândia, a maioria infectados com coronavírus, desembarcaram em Melbourne depois de passar as últimas duas semanas no Uruguai.

Um avião que transportava 112 passageiros do navio de cruzeiro antártico Greg Mortimer aterrissou no início do domingo e foi imediatamente abordado pela equipe médica em trajes de proteção.

O vôo foi composto por 96 australianos e 16 neozelandeses – 13 dos quais foram transferidos para um voo fretado para casa.

O operador do Greg Mortimer, Aurora Expeditions, confirmou durante a semana que 128 de seus 217 passageiros testaram positivo para o Covid-19.

Casos e mortes globais de coronavírus. Veja a história SAÚDE Coronavírus. Infográfico PA Graphics

O ministro das Relações Exteriores do Uruguai, Ernesto Talvi, disse que dois passageiros australianos continuam em tratamento intensivo em um hospital de Montevidéu.

O navio ficou preso no Uruguai por mais de duas semanas depois de deixar a Argentina em 15 de março para uma viagem de volta de 16 dias à Antártica.

“Todo mundo que precisar ir ao hospital irá para o hospital e os demais passageiros entrarão em quarentena nos hotéis”, disse a vice-diretora de saúde do estado de Victoria, Dra. Annaliese van Diemen.

Os neozelandeses que retornam também serão colocados em quarentena em hotéis.

“Como uma grande proporção de passageiros no Greg Mortimer testou positivo para o Covid-19, todos os passageiros estão sendo tratados como se fossem positivos para o Covid como medida de precaução”, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *