Objetivo, procedimento e faixas baixa ou alta

O teste de creatinina no sangue mede o nível de creatinina no sangue. O resultado desse exame de sangue é útil, pois é um marcador importante de como os rins estão funcionando.

A creatinina é o produto residual da creatina, que os músculos usam para gerar energia. Normalmente, a creatinina viaja no sangue para os rins, onde deixa o corpo na urina. Níveis elevados no sangue podem indicar que os rins não estão funcionando corretamente.

O exame de sangue da creatinina ajuda os médicos a diagnosticar doenças renais. Um rim com mau funcionamento não pode filtrar a creatinina tão bem como costuma fazer, o que faz com que os níveis no sangue aumentem.

Um médico ou profissional de saúde fará o exame de sangue.

Antes do teste, eles podem fazer perguntas relacionadas a:

  • dieta
  • atividade física
  • quaisquer suplementos
  • medicamentos atuais

É melhor discutir quaisquer condições médicas e histórico familiar de doença renal no momento do exame de sangue.

Não há necessidade de evitar alimentos ou bebidas antes do exame de sangue.

O exame de sangue envolve a coleta de sangue de uma veia no braço ou na mão. O médico envia a amostra para um laboratório para análise.

Os rins são responsáveis ​​por manter o nível de creatinina no sangue dentro de uma faixa normal.

O intervalo de referência típico para creatinina sérica é de 60 a 110 micromoles por litro (μmol / L) (0,7 a 1,2 miligramas por decilitro (mg / dL)) para homens e 45 a 90 μmol / L (0,5 a 1,0 mg / dL) para mulheres.

Algumas das causas dos altos níveis de creatinina são:

Doença renal crônica

Quando os rins são danificados, eles têm problemas para remover a creatinina do sangue e os níveis aumentam.

Os médicos usam o resultado do exame de sangue da creatinina para calcular a TFG, que é uma medida mais específica que pode indicar doença renal crônica.

Uma TFG igual ou superior a 60 anos é considerada normal, uma TFG menor que 60 pode indicar doença renal. Um nível de 15 ou menos é definido clinicamente como insuficiência renal.

Obstrução renal

Um bloqueio no fluxo de urina, como aumento da próstata ou cálculos renais, pode causar obstrução renal. Esse bloqueio pode criar um backup de urina no rim e prejudicar a capacidade do rim de funcionar corretamente, o que pode aumentar o nível de creatinina. O termo médico para esta condição é hidronefrose.

Desidratação

A desidratação grave é um fator de risco para lesão renal, que afetará os níveis de creatinina.

Aumento do consumo de proteína

O que uma pessoa come pode ter um impacto significativo nos níveis de creatinina. Por exemplo, proteínas e carne cozida contêm creatinina; portanto, comer mais do que a quantidade recomendada de carne ou outras proteínas para seus níveis de atividade ou adicionar proteína extra à dieta por meio de suplementos pode causar altos níveis de creatinina.

Exercício intenso

A creatina está presente nos músculos e os ajuda a produzir energia. O exercício rigoroso pode aumentar os níveis de creatinina, aumentando a degradação muscular.

Certos medicamentos

Antibióticos, como trimetoprim, e bloqueadores H2, como cimetidina, podem causar um aumento temporário nos níveis séricos de creatinina.

Os níveis de creatinina podem estar abaixo do normal pelos seguintes motivos:

Baixa massa muscular

Compartilhar no Pinterest
O aumento da produção de urina durante a gravidez pode causar baixos níveis de creatinina.

Como a quebra do músculo produz creatinina, a baixa massa muscular pode resultar em baixos níveis de creatinina.

As pessoas mais velhas correm mais risco, pois a massa muscular diminui com a idade. A desnutrição também pode causar baixa massa muscular e baixos níveis de creatinina.

Condições crônicas, como miastenia gravis ou distrofia muscular, podem resultar em baixos níveis de creatinina.

Gravidez

A gravidez causa um aumento no fluxo sanguíneo para o rim, levando ao aumento da produção de urina e à eliminação mais rápida da creatinina, levando a níveis mais baixos.

Perda de peso extrema

A perda de peso pode resultar na redução da massa muscular, levando a baixos níveis de creatinina.

As escolhas alimentares e a atividade física desempenham um papel essencial na regulação dos níveis de creatinina no sangue. É aconselhável manter o consumo de proteínas dentro da faixa recomendada para idade e nível de atividade.

Converse com um médico sobre as opções de tratamento, especialmente se o nível de creatinina no sangue estiver alto. Se persistir em um nível alto, as pessoas podem precisar consultar um especialista em rim. O tratamento precoce dos níveis crescentes de creatinina é essencial para prevenir doenças renais mais significativas.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *