O sono insatisfatório pode fazer com que você se sinta mais velho do que realmente é: aqui está o porquê


Compartilhe no Pinterest
Uma nova pesquisa descobriu que o sono ruim pode afetar negativamente sua atitude em relação à sua idade e à sua saúde à medida que você envelhece. EMS FORSTER PRODUCTIONS / Getty Images
  • Os pesquisadores descobriram uma ligação entre sono insatisfatório e sentimentos negativos sobre o envelhecimento.
  • O sono insatisfatório também pode ter efeitos prejudiciais à saúde.
  • Dormir melhor pode melhorar sua experiência conforme você envelhece.
  • Os especialistas dizem que existem várias etapas cientificamente comprovadas que você pode seguir para ter uma noite de sono melhor.

Você se sente mais velho do que seus anos quando rola para fora da cama pela primeira vez? Pesquisadores da Universidade de Exeter dizem que pode ser porque você não está dormindo bem.

De acordo com o autor principal do estudo, Serena Sabatini, PhD, a má qualidade do sono tem sido associada a sentimentos mais negativos sobre o envelhecimento, como sentir-se mais velho e ter uma visão pior do envelhecimento.

Além disso, as pessoas que não dormem bem podem ficar mais sujeitas a problemas de saúde.

Eles observam, no entanto, que tratar problemas de sono pode melhorar as experiências de envelhecimento das pessoas.

Ao todo, 4.482 pessoas com 50 anos ou mais foram incluídas no estude.

Os participantes faziam parte de outro estudo chamado de Estudo PROTECT. O objetivo do estudo PROTECT é aprender o que protege a saúde cognitiva das pessoas à medida que envelhecem.

Este estudo surgiu porque, durante o estudo PROTECT, eles perceberam que muitas pessoas comentavam sobre a qualidade do sono e como ela se relacionava com a forma como se sentiam.

Por causa desses comentários, eles decidiram dar aos participantes um questionário perguntando sobre sua qualidade de sono percebida.

O questionário também perguntou sobre mudanças negativas na memória, energia, independência, motivação e atividade.

Os participantes do estudo responderam ao questionário duas vezes, com intervalo de um ano.

Quando os pesquisadores analisaram os dados coletados, eles descobriram que as pessoas que classificaram seu sono como o pior se sentiram mais velhas.

Eles também achavam que estavam envelhecendo muito.

Os especialistas dizem que dormir mal não só faz você se sentir mais negativo em relação ao envelhecimento, mas também pode ter efeitos reais na sua saúde.

Stephanie Griggs, PhD, RN, professora assistente da Escola de Enfermagem Frances Payne Bolton e docente associada do Schubert Center for Child Studies da Case Western Reserve University, disse que, durante o sono, percorremos o movimento rápido dos olhos (REM) e o movimento não rápido dos olhos (NREM) estágios: N1, N2 e N3.

“Esses processos e os estágios do sono são essenciais para nos ajudar a restaurar, recuperar de doenças, reparar nosso corpo, consolidar nossas memórias e regular nossas emoções, para citar alguns”, disse ela.

Ela explicou ainda que diferentes hormônios são secretados ou regulados durante esses vários estágios.

Por exemplo, o hormônio do crescimento é secretado durante o NREM N3 (sono de ondas lentas). Esse hormônio é responsável por reparar os vasos sanguíneos. Griggs disse que isso é importante porque pequenos rasgos nos vasos sanguíneos podem levar ao acúmulo de placas e, eventualmente, a um ataque cardíaco ou derrame.

Cristiano Guaraná, professor assistente de gestão e empreendedorismo na Escola de Negócios Kelley da Universidade de Indiana, explicou ainda que dormir pouco pode tornar o pensamento mais difícil.

A privação de sono reduz a conectividade entre a amígdala e o córtex pré-frontal do cérebro, disse ele.

“Em geral, essas regiões são responsáveis ​​por controlar nossos impulsos e processar informações relevantes. Por exemplo, indivíduos privados de sono têm lapsos de atenção, fazem escolhas erradas, se envolvem em comportamentos antiéticos e são ruins em regular emoções negativas ”, disse ele.

“Basicamente, quando os indivíduos não dormem o suficiente, eles ficam menos equipados para processar informações”, concluiu.

Embora o sono ruim possa afetar sua saúde e como você se sente em relação ao envelhecimento, Griggs e Guaraná observaram que existem várias maneiras cientificamente comprovadas de melhorar a qualidade do sono.

Evite cochilar durante o dia

Griggs disse que um dos processos que regulam o sono é a homeostase do sono. A pressão para dormir aumenta durante o dia, explicou ela.

No entanto, se cedemos à vontade de cochilar, isso reduz a pressão, tornando mais difícil adormecer à noite.

Mantenha uma programação regular

Procure ir para a cama na mesma hora e acordar na mesma hora, mesmo nos finais de semana, disse Guaraná.

“A principal razão pela qual a regularidade reina”, explicou ele, “é porque temos um relógio biológico interno de 24 horas que espera regularidade”.

Evite telas antes de dormir

Griggs sugere evitar a luz azul das telas 1 hora antes da hora de ir para a cama.

Exposto a luz azul pode inibir a liberação de melatonina, um hormônio que regula o horário do sono. A escuridão é necessária para desencadear a liberação de melatonina.

Mantenha seu quarto fresco

Nosso corpo precisa diminuir sua temperatura interna em alguns graus para dormir e continuar dormindo. Guaraná sugere mirar em cerca de 65 ° F (18 ° C).

Deixe seu quarto escuro

Na mesma linha de evitar o tempo de exibição, você também pode querer evitar outras fontes de luz que possam interferir na produção de melatonina.

Griggs sugere o uso de cortinas que bloqueiam a luz ou uma máscara para os olhos se você precisar bloquear a luz.

Treine seu cérebro para associar sua cama ao sono

O guaraná sugere que se você estiver na cama por cerca de 25 minutos e simplesmente não conseguir dormir, levante-se e faça algo diferente.

“A principal razão para isso é que o cérebro está aprendendo a associar a cama à vigília”, disse Guaraná. “Precisamos acabar com essa associação”.

Volte para a cama quando sentir sono, acrescentou.

Evite cochilar à noite

Griggs disse que se você está cansado e com tendência a adormecer cedo, isso também pode contribuir para um sono ruim à noite.

Nesse caso, ela sugere evitar luz forte no início da noite. Ela também sugere o uso de óculos escuros quando estiver fora e óculos de bloqueio de luz azul quando dentro de casa.

Você também pode comprar uma lâmpada fluorescente ou LED alta (200 a 300 lux) e sentar-se com ela por 2 a 3 horas à noite.

Um branco azulado, ou branco frio, é melhor do que um branco quente, disse ela.

Evite café e álcool

O guaraná sugere evitar o café da tarde e minimizar o consumo de álcool à noite.

Ambos irão interferir na sua capacidade de cair e continuar dormindo, disse ele.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *