O β-elemeno aumenta a atividade antitumoral do erlotinibe induzindo a apoptose através das vias AMPK e MAPK em células de câncer de pulmão H1975 resistentes a TKI


Os inibidores da tirosina quinase (TKIs) do receptor do fator de crescimento epidérmico (EGFR) melhoram significativamente o resultado de pacientes com câncer de pulmão de células não pequenas (NSCLC) com mutações de EGFR; no entanto, a maioria dos pacientes tratados com TKI desenvolverá resistência aos TKIs. β-elemeno, extraído de Açafrão aromático Salisb., Tem sido amplamente utilizado para tratar vários tumores malignos, incluindo NSCLC resistente a TKI, mas os efeitos e os mecanismos moleculares permanecem obscuros. Neste estudo, a linha celular NCI-H1975 com mutações duplas L858R / T790M foi tratada com concentrações variáveis ​​de β-elemeno e / ou erlotinibe. Os efeitos do β-elemeno na proliferação celular, migração, apoptose e a expressão de proteínas relevantes de células NCI-H1975 foram avaliados. Os resultados revelaram que o β ‑ elemeno inibiu significativamente o crescimento, a capacidade de formação de colónias e a capacidade de cicatrização de feridas das células NCI-H1975 e melhorou a sensibilidade das células NCI-H1975 ao erlotinib. Em comparação com erlotinib sozinho, β-elemeno mais erlotinib promoveu significativamente a apoptose de células NCI-H1975, acompanhada pela expressão regulada negativamente de proteínas P-mTOR, P-EGFR, CHOP e expressão regulada positivamente de proteínas P-AMPKα e Bax . Tomados em conjunto, esses resultados demonstram que o β-elemeno suprime a proliferação e migração de células H1975 resistentes a TKI e aumenta a atividade antitumoral de erlotinibe induzindo apoptose através das vias AMPK e MAPK em células de câncer de pulmão H1975 resistentes a TKI, indicando que β- elemene é um candidato terapêutico anticâncer promissor para NSCLC resistente a TKI.

Palavras-chave: AMPK; EGFR-mutado; NSCLC; Resistente a TKI; apoptose; mecanismos; β-elemeno.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *