Mergulhador israelense descobre a antiga espada dos Cruzados


Um mergulhador israelense resgatou uma espada antiga na costa mediterrânea do país que, dizem os especialistas, data dos cruzados.

A Autoridade de Antiguidades de Israel disse que o homem estava em um mergulho de fim de semana no norte de Israel quando avistou um tesouro de artefatos antigos que incluía âncoras, cerâmica e uma espada de um metro de comprimento.

O mergulhador estava a cerca de 150 metros da costa, em águas de cinco metros de profundidade, quando fez a descoberta.

Especialistas dizem que a área forneceu abrigo para navios antigos e é o lar de muitos tesouros arqueológicos, alguns datando de 4.000 anos atrás. Mas essas descobertas podem ser evasivas por causa das areias em constante mutação.


Jacob Sharvit, diretor da Unidade de Arqueologia Marinha da Autoridade de Antiguidades de Israel, empunha uma espada de um metro de comprimento que, dizem os especialistas, remonta aos Cruzados (Ariel Schalit / AP)

Temendo que sua descoberta pudesse ser enterrada, o mergulhador levou a espada para terra e a entregou a especialistas do governo, disse a autoridade. A arma tem cerca de 900 anos.

“Foi encontrado incrustado com organismos marinhos, mas aparentemente é feito de ferro”, disse Nir Distelfeld, um inspetor da unidade de prevenção de roubos da autoridade.

“É emocionante encontrar um objeto tão pessoal, levando você 900 anos de volta no tempo para uma era diferente, com cavaleiros, armaduras e espadas.”

A espada deve ser limpa e analisada posteriormente, enquanto o mergulhador, identificado como Shlomi Katzin, recebeu um certificado de agradecimento por sua boa cidadania.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *