Médico chinês que emitiu alerta sobre morte por coronavírus

Um médico chinês que teve problemas com as autoridades por emitir um alerta precoce sobre o surto de coronavírus morreu após contrair a doença, informou um hospital.

O Hospital Central de Wuhan disse em sua conta de mídia social que o Dr. Li Wenliang, oftalmologista de 34 anos, estava “infelizmente infectado durante a luta contra a epidemia de pneumonia da nova infecção por coronavírus”.

“Lamentamos profundamente e lamentamos isso”, acrescentou.

Li foi repreendido pela polícia local por “espalhar boatos” sobre a doença no final de dezembro, segundo informações da imprensa.

O surto, centrado em Wuhan, já infectou mais de 28.200 pessoas em todo o mundo e matou mais de 560.

A Organização Mundial de Saúde twittou: “Estamos profundamente tristes com a morte do Dr. Li Wenliang. Todos nós precisamos comemorar o trabalho que ele fez ”sobre o vírus.

Meia hora depois de anunciar na sexta-feira anterior que Li estava em estado crítico, o hospital recebeu quase 500.000 comentários em seu post de mídia social, muitos deles de pessoas que esperavam que ele participasse.

Um escreveu: “Nós não vamos dormir. Estamos aqui esperando por um milagre.

Enquanto isso, um recém-nascido se tornou a pessoa mais jovem conhecida infectada pelo vírus. A China terminou a construção de um segundo novo hospital na quinta-feira para isolar e tratar pacientes e transferiu pessoas com sintomas mais leves para centros de quarentena improvisados ​​em arenas esportivas, salas de exposições e outros espaços públicos. E o teste de um novo medicamento antiviral estava programado para começar em pacientes.




Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *