Mãe passou o coronavírus para o bebê no útero, sugere estudo

Os bebês podem contrair coronavírus no útero, dizem médicos na França.

Um estudo relata o caso de uma mulher grávida com Covid-19 passando para o bebê através da placenta.

Estudos anteriores sugeriram que a transmissão do vírus pode ocorrer no período imediatamente antes e após o nascimento.

Mas não está claro se isso ocorre através da placenta, via cervical ou como resultado da exposição ambiental.

Agora, os pesquisadores relataram um caso que sugere que a transmissão no útero pode ser possível.

Uma grávida de 23 anos de idade foi internada no hospital em março com febre e tosse severa, e apresentou resultado positivo para Covid-19.

Três dias depois, seu bebê nasceu por cesariana. Os testes uma hora após o nascimento e, novamente, três e 18 dias depois, mostraram resultados positivos para a presença do vírus.

Testes adicionais no sangue e no líquido do recém-nascido retirados dos pulmões revelaram infecção pelo Covid-19.

Relatamos um caso comprovado de transmissão transplacentária de Sars-CoV-2 de uma mulher grávida afetada por Covid-19 durante o final da gravidez para sua prole

Mais testes mostraram que o vírus se espalhou do sangue da mãe para a placenta, onde se replicou e causou inflamação.

Os pesquisadores descobriram que o bebê apresentava sintomas neurológicos associados à infecção pelo vírus, semelhantes aos relatados em pacientes adultos.

As análises de neuroimagem indicaram lesão da substância branca, que os autores especulam que pode ser causada por inflamação vascular induzida pela infecção por Sars-CoV-2.

Mãe e filho se recuperaram da infecção e receberam alta do hospital.

Daniele De Luca, diretora médica de pediatria e cuidados intensivos neonatais do hospital Antoine Beclere, em Paris, e seus colegas mediram cargas virais mais altas na placenta do que no líquido amniótico e no sangue materno, o que sugere que o Sars-CoV-2 pode se replicar ativamente nas células da placenta.

Ao confirmar a presença de Sars-CoV-2 no tecido placentário e no sangue materno e neonatal, os pesquisadores dizem que a transmissão de mãe para bebê provavelmente ocorreu através da placenta.

Mas eles dizem que mais estudos serão necessários para confirmar esses resultados.

Escrevendo na Nature Communications, eles dizem: “Relatamos um caso comprovado de transmissão transplacental de Sars-CoV-2 de uma mulher grávida afetada pelo Covid-19 durante o final da gravidez para seus filhos.

“Outros casos de transmissão perinatal em potencial foram descritos recentemente, mas apresentaram vários problemas não abordados.”

Eles acrescentam: “Concluindo, demonstramos que a transmissão transplacentária da infecção por Sars-CoV-2 é possível durante as últimas semanas de gravidez.

“A transmissão transplacentária pode causar inflamação da placenta e viremia neonatal.

“Sintomas neurológicos devido a vasculite cerebral também podem estar associados.”


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *