Jornalista da BBC é espancado e chutado pela polícia em Xangai


Um jornalista da BBC foi “espancado e chutado pela polícia” antes de ser preso durante protestos contra as medidas do Covid-19 na China.

A emissora disse estar “muito preocupada” depois de confirmar que o cinegrafista Edward Lawrence “foi atacado” em Xangai no domingo.

Algumas imagens nas redes sociais o mostraram sendo arrastado ao chão algemado, enquanto ele foi visto dizendo em outro vídeo: “Ligue para o consulado agora”.

Um porta-voz da BBC disse: “A BBC está extremamente preocupada com o tratamento dado ao nosso jornalista Ed Lawrence, que foi preso e algemado enquanto cobria os protestos em Xangai.

“Ele foi detido por várias horas antes de ser liberado. Durante a prisão, ele foi espancado e chutado pela polícia.

“Isso aconteceu enquanto ele trabalhava como jornalista credenciado.

“É muito preocupante que um dos nossos jornalistas tenha sido agredido desta forma no exercício das suas funções.”

A corporação alegou que não tinha nenhuma explicação oficial ou pedido de desculpas das autoridades chinesas, acrescentando que as autoridades disseram que Lawrence foi preso “para seu próprio bem” caso pegasse Covid no meio da multidão.

Mundo

Protestos contra o bloqueio estrito da China atingem Xangai…

Dizia: “Não consideramos esta uma explicação credível”.

Desde sexta-feira, as pessoas realizam protestos em toda a China, onde as manifestações de rua são extremamente raras, por causa das medidas draconianas do país contra a Covid.

Lawrence está em contato com o Escritório de Relações Exteriores, Commonwealth e Desenvolvimento (FCDO) do Reino Unido sobre o assunto.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *