Inibição da sinalização Nod2 e expressão do gene alvo pela curcumina


Figura 1

A curcumina inibe NF- induzido por MDPKAtivação B. As células HCT116 foram transfectadas com NF-KB-luciferase e brepórteres -galactosidase. Após 24 h, as células foram pré-tratadas com curcumina (10, 20 e 30 µM), partenolida (5, 10 e 15 µM), helenalina (1, 3 e 5 µM), EGCG (10, 30 e 50 µM), ou resveratrol (10, 30 e 50 µM) por 1 h e, em seguida, coincubado com 50 µM MDP por 6 h adicionais. Os lisados ​​celulares foram preparados e a luciferase e batividades da enzima -galactosidase medidas conforme descrito em Materiais e métodos. A atividade relativa da luciferase (RLA) foi normalizada com batividade -galactosidase. Os valores são média ± SEM (n = 3). Diferença estatisticamente significativa (p <0,05) é indicado entre células tratadas com MDP sozinho e células tratadas com MDP mais os fitoquímicos indicados. Cur, curcumina; PTN, partenolida; Hel, helenalina; e Res, resveratrol. A estrutura molecular é mostrada acima dos dados do ensaio repórter para cada um dos fitoquímicos.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.