Governo dos EUA diz que não vai mais apreender registros de jornalistas


  • A reversão segue uma promessa feita no mês passado pelo presidente Joe Biden, que disse que era “simplesmente, simplesmente errado” confiscar registros de jornalistas e que não permitiria que o departamento de justiça continuasse com a prática.

AP | Washington

PUBLICADO EM 07 DE JUNHO DE 2021 12:17 IST

O Departamento de Justiça dos EUA disse no sábado que não vai mais obter secretamente os registros dos repórteres durante as investigações do vazamento, uma mudança de política que abandona uma prática condenada por organizações de notícias e grupos de liberdade de imprensa.

A reversão segue uma promessa feita no mês passado pelo presidente Joe Biden, que disse que era “simplesmente, simplesmente errado” confiscar registros de jornalistas e que não permitiria que o departamento de justiça continuasse com a prática.

Os governos democrata e republicano usaram intimações e ordens judiciais para obter registros de jornalistas em um esforço para identificar fontes que revelam informações confidenciais.

Mas a prática recebeu um novo escrutínio no mês passado, quando funcionários do departamento de justiça alertaram repórteres no The Washington Post, CNN e The New York Times – que seus registros telefônicos foram obtidos no último ano do governo Trump.

Perto


Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.