Felicidades! Brandy de ameixa da Sérvia obtém status de patrimônio mundial da ONU


É hora de levantar um copo para sljivovica – o tradicional conhaque de ameixa da Sérvia que, segundo as autoridades, está sendo adicionado à lista de patrimônio cultural imaterial da ONU como uma tradição a ser preservada pela humanidade.

Especialistas da Unesco reunidos no Marrocos nesta semana decidiram que “práticas sociais e conhecimentos relacionados à preparação e uso” da sljivovica merecem o reconhecimento da ONU como exemplo de uma importante tradição cultural, disse o Ministério da Cultura da Sérvia.

O ministério apresentou a indicação em 2021. A candidatura refletiu todo o processo: desde o cultivo de ameixas até a fabricação do conhaque e quão difundida é uma tradição e como essa tradição pode continuar nos tempos modernos, disse o ministério.

A Sljivovica é feita à mão – e consumida – na Sérvia há séculos, um costume transmitido de geração em geração que, segundo especialistas, se tornou parte da identidade nacional. A tradição continua difundida nas áreas rurais do país dos Bálcãs, apesar do boom de destilarias e marcas modernas.

Especialistas sérvios dizem que sljivovica é um produto tipicamente sérvio porque é derivado de uma fruta cultivada localmente – ameixas – que é amplamente disponível e porque o conhaque é feito e apreciado pelas famílias e comunidades locais.

Os sérvios bebem sljivovica quando celebram, lamentam, recebem convidados e marcam eventos importantes, e fazem isso há séculos.

As pessoas sempre guardaram suas melhores garrafas para casamentos, nascimento de uma criança e funerais, tornando o espírito tradicional sérvio parte da vida cotidiana por gerações.

Hoje em dia, sljivovica também é uma importante exportação sérvia e um atrativo para os turistas.

Para melhorar a qualidade, a sljivovica às vezes é mantida em barris de carvalho que lhe conferem uma cor acastanhada semelhante ao uísque e um sabor um tanto amargo. E melhora com a idade.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *