Ex-funcionário da Tesla rejeita prêmio de US$ 15 milhões em caso de racismo | Noticias do mundo


Diaz alegou que os funcionários desenharam suásticas e deixaram grafites e desenhos racistas ao redor da fábrica e que os supervisores não conseguiram impedir o abuso.

Um ex-funcionário negro da Tesla que disse ter sido assediado e confrontado com “epítetos racistas diários”, incluindo a “palavra com N”, enquanto trabalhava na fábrica da empresa em Fremont, Califórnia, rejeitou uma indenização substancialmente reduzida de US$ 15 milhões em seu processo.

Owen Diaz, que trabalhou na fábrica da Tesla em 2015 e 2016 como operador de elevador contratado antes de sair, recebeu originalmente US$ 6,9 milhões em danos por sofrimento emocional e US$ 130 milhões em danos punitivos no caso.

Leia também: CEO Elon Musk diz que novas fábricas da Tesla são ‘fornos de dinheiro’ perdendo bilhões

Um juiz cortou o valor em quase 90%, para US$ 15 milhões, que Diaz recusou, de acordo com um processo judicial. A rejeição do prêmio por Diaz pode significar um novo julgamento no caso.

Diaz alegou que os funcionários desenharam suásticas e deixaram grafites e desenhos racistas ao redor da fábrica e que os supervisores não conseguiram impedir o abuso.

Um representante da Tesla não pôde ser contatado imediatamente para comentar na noite de quarta-feira.

Fechar história

Menos tempo para ler?

Experimente o Quickreads

  • Índia polivalente R Ashwin
  • Warner caiu para 99 no quarto ODI. 

    Warner envia aviso após a perda da série ODI da Austrália para o Sri Lanka

    A Austrália caiu para sua primeira derrota na série ODI no Sri Lanka desde 1992, mas o batedor de abertura sênior David Warner acredita que há um lado positivo na perda. Warner foi demitido por 99 no quarto ODI, que o Sri Lanka venceu por quatro corridas. Assim, eles assumiram uma vantagem inatacável de 3 a 1 na série com uma partida pela frente.

  • Kendall Jenner e Devin Booker começaram a namorar oficialmente em junho de 2020.
  • Sensex sobe 443 pontos para encerrar o dia em 52.266;  Nifty fecha a sessão em 15.575.

    Sensex sobe 443 pontos para encerrar o dia em 52.266; Nifty fecha sessão em 15.575

    Do pacote Sensex, Maruti, M&M, Asian Paints, Bharti Airtel, TCS, Sun Pharma, Wipro, ICICI Bank e Hindustan Unilever foram os principais ganhadores. Por outro lado, Reliance Industries, NTPC, Power Grid e UltraTech Cement foram os retardatários. No resto da Ásia, as bolsas de Hong Kong, Xangai e Tóquio terminaram com ganhos, enquanto Seul fechou em baixa. Os mercados europeus estavam negociando no vermelho em acordos no meio da sessão.

  • Extrato de cogumelo ajuda a eliminar infecções por papilomavírus humano (HPV): estudo


Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.