Duffy diz que foi “estuprada, drogada e mantida em cativeiro por dias”


Duffy disse que foi “estuprada, drogada e mantida em cativeiro” por vários dias em um post em sua página verificada no Instagram.

A cantora afirmou que, enquanto a “recuperação levou tempo”, ela está “bem e segura agora”.

No post, ela acrescentou que muitos de seus fãs “se perguntam o que aconteceu comigo, para onde eu desapareci e por quê”.

Ver esta publicação no Instagram

Você pode imaginar a quantidade de vezes que pensei em escrever isso. Do jeito que eu escreveria, como me sentiria depois disso. Bem, não sei ao certo por que agora é a hora certa, e o que é emocionante e libertador para mim falar. Eu não posso explicar isso. Muitos de vocês se perguntam o que aconteceu comigo, para onde eu desapareci e por quê. Um jornalista entrou em contato comigo, encontrou uma maneira de me encontrar e eu contei tudo a ele no verão passado. Ele foi gentil e me senti tão incrível finalmente falar. A verdade é que, por favor, confie em mim. Estou bem e seguro agora, fui estuprada, drogada e mantida em cativeiro por alguns dias. Claro que eu sobrevivi. A recuperação levou tempo. Não há uma maneira clara de dizer isso. Mas posso dizer-lhe, na última década, os milhares e milhares de dias que me comprometi a querer sentir o sol novamente em meu coração, o sol agora brilha. Você quer saber por que eu não escolhi usar minha voz para expressar minha dor? Eu não queria mostrar ao mundo a tristeza nos meus olhos. Eu me perguntei, como posso cantar com o coração se estiver quebrado? E lentamente não quebra. Nas semanas seguintes estarei postando uma entrevista falada. Se você tiver alguma dúvida, gostaria de respondê-las, na entrevista falada, se puder. Eu tenho um amor sagrado e sincero apreço por sua bondade ao longo dos anos. Vocês foram amigos Quero agradecer por isso x Duffy Por favor, respeite que este é um movimento gentil para mim, para mim, e não quero nenhuma intrusão na minha família. Por favor, ajudem-me a tornar esta uma experiência positiva.

Uma postagem compartilhada por @ duffy em

Ela escreveu: “A verdade é que, por favor, confie em mim. Estou bem e seguro agora, fui estuprada, drogada e mantida em cativeiro por alguns dias.

“Claro que eu sobrevivi. A recuperação levou tempo. Não há uma maneira clara de dizer isso.

“Mas posso lhe dizer que, na última década, os milhares e milhares de dias que me comprometi a querer sentir o sol novamente em meu coração, o sol agora brilha.”

Duffy acrescentou: “Você se pergunta por que não usei minha voz para explicar minha dor?

“Eu não queria mostrar ao mundo a tristeza nos meus olhos.”

Duffy lançou um álbum pela última vez em 2010 (Chris Jackson / PA)“/>
Duffy lançou um álbum pela última vez em 2010 (Chris Jackson / PA)

Ela também pediu a seus seguidores que a apoiassem “para tornar essa uma experiência positiva”.

A revelação vem depois que ela conversou com uma jornalista sobre o incidente no verão, afirmou Duffy, acrescentando: “Ele foi gentil e foi tão incrível finalmente falar”.

Ela disse que “você pode imaginar a quantidade de vezes que pensei em escrever isso”.

Duffy, 35, lançou um álbum pela última vez em 2010 com Endlessly.

Ela disse que estaria postando uma entrevista “nas próximas semanas”.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.