Diretor criativo da Balenciaga pede desculpas por anúncios criticados por Kim Kardashian


O designer criativo da Balenciaga se desculpou pessoalmente por fazer a “escolha artística errada” em uma recente campanha de moda que foi criticada por Kim Kardashian.

Demna Gvasalia disse que, apesar de às vezes querer “provocar uma reflexão” por meio de seu trabalho, ele nunca o faria com o tema do abuso infantil.

As imagens da campanha mostraram duas meninas, ambas segurando ursinhos de pelúcia vestidos com roupas de escravidão enquanto cercadas por uma variedade de outros itens.

Os anúncios provocaram uma grande reação online, inclusive da estrela de reality show de 42 anos, que disse ter ficado “abalada com as imagens perturbadoras”.

Kardashian disse mais tarde que estava “reavaliando meu relacionamento” com a marca, após o incidente.

Em uma mensagem online, Demna escreveu: “Quero me desculpar pessoalmente pela escolha artística errada do conceito para a campanha de presentes com as crianças e assumo minha responsabilidade.

“Não era apropriado que as crianças promovessem objetos que não tinham nada a ver com elas.

“Por mais que às vezes eu queira provocar uma reflexão através do meu trabalho, NUNCA teria a intenção de fazer isso com um assunto tão terrível como o abuso infantil que condeno. Período.”

O estilista georgiano acrescentou que se envolveria com organizações de proteção à criança para aprender como “contribuir e ajudar neste assunto terrível”.

“Peço desculpas a qualquer um ofendido pelo visual e Balenciaga garantiu que medidas adequadas serão tomadas não apenas para evitar erros semelhantes no futuro, mas também para assumir a responsabilidade de proteger o bem-estar infantil de todas as maneiras possíveis”, escreveu ele.

Em seu próprio post anterior, Kardashian disse que permaneceu em silêncio nos dias desde que a campanha foi postada pela primeira vez online porque queria falar com a marca para “entender por mim mesma como isso poderia ter acontecido”.

“Fiquei quieta nos últimos dias, não porque não estivesse enojada e indignada com as recentes campanhas da Balenciaga, mas porque queria uma oportunidade de falar com a equipe deles para entender por mim mesma como isso poderia ter acontecido”, ela disse. escreveu on-line.

“Como mãe de quatro filhos, fiquei abalada com as imagens perturbadoras.

“A segurança das crianças deve ser mantida com a maior consideração e qualquer tentativa de normalizar o abuso infantil de qualquer tipo não deve ter lugar em nossa sociedade – ponto final.”

Ela continuou: “Agradeço a remoção das campanhas e desculpas de Balenciaga.

“Conversando com eles, acredito que eles entendem a gravidade do problema e tomarão as providências necessárias para que isso nunca mais aconteça.”



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *