Desenvolvimento e validação de um método combinado para o biomonitoramento de ácidos graxos ômega-3 / -6 e ácidos linoléicos conjugados em diferentes matrizes de fontes humanas e nutricionais


Fundo: Durante a última década, a contribuição dos ácidos graxos poliinsaturados de cadeia longa ômega-3 e -6 (LC-PUFA) e ácidos linoléicos conjugados (CLA) para a prevenção e o desenvolvimento de muitas doenças inflamatórias e cardiovasculares tem sido de crescente interesse. Para investigar a etiologia dessas doenças, métodos rápidos, combinados e comparáveis ​​são inestimáveis ​​para monitorar a ingestão e a incorporação desses ácidos graxos (AG).

Métodos: Os ésteres metílicos de ácidos graxos (FAME) foram analisados ​​em sistema de cromatografia gasosa / detector de ionização de chama (GC-FID) e quantificados por padrão interno (C18: 0 iso).

Resultados: Foi desenvolvido e validado um protocolo eficaz e rápido para preparação de amostras e análise de FAME. A comparação dos diferentes métodos de extração mostrou que o método de Hara e Radin apresentaram os melhores resultados para soro e membranas eritrocitárias. Excelentes precisões médias diárias e diárias para LC-PUFAs de soro, eritrócitos e leite de vaca demonstraram a alta reprodutibilidade do método. As taxas de recuperação para FAMEs no soro e no leite foram próximas a 100%. Além disso, alta linearidade média do método (R (2)) (> 0,99) foi mostrada para soro, eritrócitos e leite de vaca. A sensibilidade para FA alcançada pela análise de GC foi aceitável.

Conclusão: Com os protocolos recentemente adaptados, análises combinadas e rápidas de até 46 FAMEs, incluindo CLAs e ômega-3 / -6 LC-PUFAs, podem ser realizadas com alta confiabilidade e reprodutibilidade usando soro, membranas de eritrócitos ou leite de vaca. Isso fornece uma nova ferramenta que pode ser facilmente implementada em estudos epidemiológicos ou diagnósticos clínicos.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *