‘Deixe-o ir’: Biden à Rússia sobre jornalista americano detido | Noticias do mundo


PTI | , Postado por Lingamgunta Nirmitha Rao

O presidente Joe Biden instou na sexta-feira a Rússia a liberar Repórter do Wall Street Journal, Evan Gershkovich depois que o serviço de segurança do país o prendeu sob acusações de espionagem – acusações que o jornal nega.

Presidente dos EUA, Joe Biden. (AP)
Presidente dos EUA, Joe Biden. (AP)

“Deixe-o ir”, disse Biden a repórteres na Casa Branca na manhã de sexta-feira, quando questionado sobre sua mensagem à Rússia sobre a prisão de Gershkovich.

Leia também | Quem é Evan Gershkovich, repórter do Wall Street Journal preso na Rússia?

O Serviço Federal de Segurança da Rússia acusou Gershkovich, cidadão americano, de tentar obter informações sigilosas.

É a primeira vez que um jornalista americano é detido por acusações de espionagem desde a Guerra Fria.

O jornal disse que “nega veementemente” as acusações.

Falando em uma coletiva de imprensa em Lusaka, Zâmbia, a vice-presidente Kamala Harris acrescentou que o governo estava “profundamente preocupado” com a prisão de Gershkovich.

“Não vamos tolerar – e condenar, de fato – a repressão de jornalistas”, disse Harris durante sua visita de uma semana à África.

O governo Biden disse na quinta-feira que estava trabalhando para garantir o acesso consular a Gershkovich.

Questionado na manhã de sexta-feira se expulsaria diplomatas ou jornalistas russos dos EUA, Biden respondeu: “Esse não é o plano agora”.

Karine Jean-Pierre, secretária de imprensa da Casa Branca, chamou o ataque a cidadãos americanos na Rússia de “inaceitável” e que o governo condena a detenção de Gershkovich “nos termos mais fortes”.

O governo Biden também alertou os cidadãos americanos para não viajarem para a Rússia e para os americanos no país partirem imediatamente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *