Cães selvagens matam 16 animais em safári após danos causados ​​por tempestades

Dezesseis animais foram mortos em um parque de safáris na Inglaterra, depois que uma matilha de cães selvagens africanos escapou de seu complexo devido aos danos causados ​​pela tempestade Ciara.

Os funcionários do West Midland Safari Park, em Bewdley, Worcestershire, ficaram “extremamente tristes” pela perda de seis cervos e 10 ovelhas no último fim de semana.

Uma porta-voz do parque disse que 12 cães selvagens puderam entrar em um complexo vizinho nas primeiras horas de 9 de fevereiro, quando a tempestade atingiu o país.

O complexo abrigava gamos persas e ovelhas Barbary.

Dado seu apego pessoal aos nossos animais, nossa equipe está extremamente triste com o incidente.

“Em momento algum havia risco à segurança pública e não havia perigo de nenhum animal escapar do perímetro do parque”, disse a porta-voz.

Ela disse que os cães selvagens retornaram ilesos ao seu complexo.

“Os cães selvagens entraram no complexo vizinho através de uma entrada que foi danificada pela tempestade que atingiu Worcestershire no início da manhã”, explicou a porta-voz.

Ela acrescentou: “Dada a ligação pessoal com nossos animais, nossa equipe está extremamente triste com o incidente”.

Comentando a chegada iminente de Storm Dennis no sábado, a porta-voz disse: “Estamos cientes dos alertas climáticos atuais para este fim de semana e o acompanharemos de perto, tomando nossas decisões, como sempre, no melhor interesse de nossos animais e animais. segurança Pública.”

De acordo com o World Wildlife Fund (WWF), o cão selvagem africano é “um dos mamíferos mais ameaçados do mundo”, restando apenas 1.400 na natureza.

As maiores populações permanecem na África Austral e na parte sul da África Oriental.

O predador, que se reúne em grupos, caça espécies como gazelas e pode atingir velocidades superiores a 44 mph.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *