Afegãos na Bélgica organizam protesto e golpeiam Paquistão por apoiar o Talibã | Noticias do mundo


Uma série de protestos foram organizados por cidadãos afegãos que vivem em vários países desde que o Taleban assumiu o poder no Afeganistão em 15 de agosto. A diáspora afegã pediu o apoio da comunidade global quando o processo de evacuação terminou e gritou slogans contra o Paquistão.

Por hindustantimes.com | Escrito por Amit Chaturvedi, Hindustan Times, Nova Delhi

PUBLICADO EM 31 DE AGOSTO DE 2021 9:15

Os membros da diáspora afegã, residentes na Bélgica, organizaram uma manifestação de protesto na capital Bruxelas na segunda-feira para protestar contra a tomada hostil do Taleban em seu país. O protesto foi organizado no Círculo Schuman, em frente ao edifício da Comissão Europeia (CE) e do Serviço Europeu para a Ação Externa (SEAE).

Os manifestantes também levantaram slogan contra o Paquistão por seu suposto envolvimento e apoio ao Talibã.

Leia também: ‘Independência total’, ‘momentos históricos’, dizem o Taleban após a saída das tropas dos EUA

A manifestação de protesto contou com a presença de cerca de 60-70 membros da diáspora afegã. Alguns dos manifestantes foram vistos vestindo uniformes de combate do exército.

Uma série de protestos foram organizados por cidadãos afegãos que vivem em vários países desde que o Taleban assumiu o poder no Afeganistão em 15 de agosto. No domingo, cerca de 800 manifestantes protestaram em frente ao Parlamento grego culpando o Paquistão pela piora das condições no Afeganistão. Eles gritaram slogans como – “Quem matou o Afeganistão – Paquistão Paquistão”; “O Paquistão apóia terroristas”; e “Pare de matar afegãos”.

No sábado, protestos semelhantes foram realizados em todo o mundo em mais de 30 cidades, incluindo Washington, Londres e Berlim, pedindo apoio aos afegãos nas horas finais do processo de evacuação.

Leia também: Biden para explicar por que o prazo dos EUA não foi prorrogado

Os participantes seguravam cartazes com os dizeres “Salve o Afeganistão” ou “Salve vidas afegãs”.

Os Estados Unidos, por sua vez, disseram na segunda-feira que sua missão no Afeganistão terminou. O anúncio foi feito pelo departamento de defesa, que postou no Twitter uma foto de Chris Donahue, comandante da 82ª Divisão Aerotransportada, deixando o país dilacerado pela guerra. “O último soldado americano a deixar o Afeganistão: General-de-Brigada Chris Donahue, comandante geral da 82ª Divisão Aerotransportada no C-17 da Força Aérea dos EUA em 30 de agosto de 2021, encerrando a missão dos EUA em Cabul “, disse o departamento de defesa no tweet.

Fechar


Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *