Adoradores celebram a Páscoa Oxthodox na era do coronavírus


O coronavírus continua impactando a vida cotidiana das pessoas em todo o mundo, com restrições, o que significa que os serviços ortodoxos para a Páscoa não podem ser realizados normalmente.

Muitos serviços foram transmitidos on-line ou na televisão com regulamentos de distanciamento, o que significa que o dia sagrado foi marcado à distância.

O líder ortodoxo russo, o patriarca Kirill, liderou o culto principal da igreja na Catedral de Cristo Salvador, em Moscou, e pediu aos seus paroquianos que não fiquem desanimados por não poder comparecer aos cultos.

<figcaption class='imgFCap'/>Os gregos celebraram a ressurreição de Cristo de maneira muito diferente na noite de sábado, confinados em casa, em vez de se congregarem massivamente nas igrejas (Michael Varaklas / AP)“/><figcaption class=Os gregos celebraram a ressurreição de Cristo de maneira muito diferente na noite de sábado, confinados em casa, em vez de se congregarem massivamente nas igrejas (Michael Varaklas / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Um pequeno número de fiéis da Igreja Ortodoxa da Geórgia observa diretrizes sociais de distanciamento para proteger contra o coronavírus em uma missa que celebra a Páscoa ortodoxa na catedral da Trindade em Tbilisi, na Geórgia (Zurab Tsertsvadze / AP)“/><figcaption class=Um pequeno número de fiéis da Igreja Ortodoxa da Geórgia observa diretrizes sociais de distanciamento para proteger contra o coronavírus em uma missa que celebra a Páscoa ortodoxa na catedral da Trindade em Tbilisi, na Geórgia (Zurab Tsertsvadze / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Alguns padres acompanhados por voluntários realizaram o serviço religioso em Tbilisi, enquanto as pessoas observavam a interdição de participar de celebrações religiosas na semana que antecedeu a Páscoa Ortodoxa (Zurab Tsertsvadze / AP)“/><figcaption class=Alguns padres acompanhados por voluntários realizaram o serviço religioso em Tbilisi, enquanto as pessoas observavam a interdição de participar de celebrações religiosas na semana que antecedeu a Páscoa Ortodoxa (Zurab Tsertsvadze / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Um padre ortodoxo grego participa da cerimônia do bom sábado, realizada sem fiéis dentro de uma igreja vazia na cidade de Thessaloniki, Grécia (Giannis Papanikos / AP)“/><figcaption class=Um padre ortodoxo grego participa da cerimônia do bom sábado, realizada sem fiéis dentro de uma igreja vazia na cidade de Thessaloniki, Grécia (Giannis Papanikos / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Uma mulher segura uma vela na janela enquanto ouve as bênçãos de um padre do andar de baixo durante a pandemia de coronavírus em Bucareste, Romênia (Vadim Ghirda / AP)“/><figcaption class=Uma mulher segura uma vela na janela enquanto ouve as bênçãos de um padre do andar de baixo durante a pandemia de coronavírus em Bucareste, Romênia (Vadim Ghirda / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Um padre abençoa os fiéis que estão nas janelas de um prédio durante o surto de coronavírus em Bucareste, Romênia (Vadim Ghirda / AP)“/><figcaption class=Um padre abençoa os fiéis que estão nas janelas de um prédio durante o surto de coronavírus em Bucareste, Romênia (Vadim Ghirda / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Um padre distribui luz sagrada às famílias durante a pandemia de coronavírus em Bucareste, Romênia (Vadim Ghirda / AP)“/><figcaption class=Um padre distribui luz sagrada às famílias durante a pandemia de coronavírus em Bucareste, Romênia (Vadim Ghirda / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Um homem se inclina pela janela para receber a luz sagrada de um padre em Bucareste, Romênia (Vadim Ghirda / AP)“/><figcaption class=Um homem se inclina pela janela para receber a luz sagrada de um padre em Bucareste, Romênia (Vadim Ghirda / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Um mendigo caminha em frente a uma igreja ortodoxa que permanece fechada ao público, em Atenas, Grécia (Yorgos Karahalis / AP)“/><figcaption class=Um mendigo caminha em frente a uma igreja ortodoxa que permanece fechada ao público, em Atenas, Grécia (Yorgos Karahalis / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Uma mulher e seu filho, usando máscaras para proteger contra o coronavírus, acendem velas após uma grande missa de sábado em uma igreja em Simferopol, na Crimeia (AP)“/><figcaption class=Uma mulher e seu filho, usando máscaras para proteger contra o coronavírus, acendem velas após uma grande missa de sábado em uma igreja em Simferopol, na Crimeia (AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Um padre da Igreja Ortodoxa Ucraniana Nazariy, usando uma máscara para proteger contra o coronavírus, abençoa os membros da família na véspera da Páscoa perto de sua casa na vila de Nove, perto da capital Kiev, Ucrânia (Efrem Lukatsky / AP)“/><figcaption class=Um padre da Igreja Ortodoxa Ucraniana Nazariy, usando uma máscara para proteger contra o coronavírus, abençoa os membros da família na véspera da Páscoa perto de sua casa na vila de Nove, perto da capital Kiev, Ucrânia (Efrem Lukatsky / AP)

<figcaption class='imgFCap'/>Um crente ortodoxo lituano usando uma máscara facial para proteger contra o coronavírus, reza após uma cerimônia de benção de bolo e ovo de Páscoa na Igreja Ortodoxa do Espírito Santo em Vilnius, Lituânia (Mindaugas Kulbis / AP)“/><figcaption class=Um crente ortodoxo lituano usando uma máscara facial para proteger contra o coronavírus, reza após uma cerimônia de benção de bolo e ovo de Páscoa na Igreja Ortodoxa do Espírito Santo em Vilnius, Lituânia (Mindaugas Kulbis / AP)



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.