A cera de abelha é vegana?

Uma dieta vegana é definida como uma forma de comer que evita produtos e ingredientes de origem animal da melhor maneira possível.

O veganismo normalmente vai além da dieta e também visa evitar o uso de ingredientes ou subprodutos de origem animal que são colhidos de maneiras que podem prejudicar os animais.

A cera de abelha é a substância cerosa produzida pelas abelhas para construir suas colmeias e conter mel. Como o mel é frequentemente evitado em uma dieta vegana, você pode estar se perguntando se a cera de abelha também deve ser excluída.

Este artigo examina se a cera de abelha é considerada um produto vegano e apropriado para incluir em um estilo de vida vegano.

A cera de abelha é um ingrediente comum em muitos produtos comerciais, como alimentos, bebidas, cosméticos, velas e itens de cuidados pessoais, incluindo fio dental, loções, protetor labial e cremes, como um emoliente, espessante e emulsificante (1)

Produzida por glândulas secretoras na parte inferior das abelhas operárias, a cera de abelha é o principal material de construção na confecção de uma colmeia. É usado pelas abelhas para criar o favo de mel estrutura de sua colméia, bem como servir como tampas para conter o mel das abelhas (2)

Quando o mel é colhido, a cera de abelha deve primeiro ser raspada da colmeia. A cera de abelha pode então ser derretida para seus vários usos comerciais.

RESUMO

A cera de abelha é uma substância cerosa produzida pelas abelhas operárias na construção de colmeias e contenção de mel. É usado em vários produtos de consumo.

Um produto vegetariano pode ser produzido por animais ou insetos, mas não contém carne animal. Por exemplo, os vegetarianos costumam consumir ovos, mel e laticínios.

Por essa definição, a cera de abelha pode ser considerada um produto vegetariano, pois é feita por abelhas, mas não contém as próprias abelhas. No entanto, determinar se a cera de abelha é vegana requer uma análise mais aprofundada do definição de veganismo.

Embora algumas empresas colham cera de abelha de uma forma que visa proteger as abelhas de danos, os processos usados ​​não vêm sem risco de ruptura da colmeia, danos ou morte acidental das abelhas.

Além disso, algumas pessoas acreditam que perturbar os animais ou seus habitats ou tirar algo deles sem seu consentimento direto não se alinha com os princípios do veganismo.

Com base nesta definição, mesmo que a cera de abelha seja removida das colmeias de uma forma que evite prejudicar as abelhas diretamente, ela ainda é removida sem seu consentimento direto.

Portanto, embora a cera de abelha possa ser considerada uma substância vegetariana, não é um ingrediente verdadeiramente vegano.

RESUMO

A cera de abelha não contém carne de animal ou inseto e é considerada vegetariana. No entanto, existem preocupações com a forma como é colhido, bem como com os seus efeitos nas abelhas, o que o torna um ingrediente não verdadeiramente vegano.

A cera de abelha é uma substância cerosa feita por abelhas operárias para construir colmeias e conter mel. É usado em uma variedade de alimentos comerciais e produtos de higiene pessoal de consumo.

Embora algumas empresas empreguem métodos de colheita de cera de abelha que visam minimizar os danos às abelhas ou suas colmeias, o risco de morte das abelhas permanece.

Além disso, algumas pessoas em um Dieta vegana acreditam que interromper colmeias sem a capacidade de obter o consentimento de seus proprietários vai contra o veganismo. Portanto, a cera de abelha é considerada um produto vegetariano, mas não é vegano.

No final do dia, você tem que decidir se as medidas de colheita utilizadas são suficientes para você sentir que estão de acordo com a sua ética. A melhor maneira de tomar essa decisão é informar-se sobre as práticas utilizadas por empresas individuais.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *