142 britânicos presos em navio de cruzeiro na costa da Califórnia


Mais de 100 britânicos estão presos a bordo de outro navio da Princess Cruises na costa da Califórnia, à medida que são realizados testes para casos suspeitos de coronavírus.

A operadora de cruzeiros disse que grupos de convidados e tripulação estavam sendo testados para o Covid-19, depois que um passageiro em uma viagem anterior morreu e pelo menos um outro foi infectado.

Confirmou que 142 cidadãos britânicos – compostos por 121 passageiros e 21 tripulantes – estavam a bordo do Grand Princess, que transportava um total de 3.533 pessoas.

Princess acrescentou que até o momento não havia casos confirmados de Covid-19 a bordo e que menos de 100 pessoas haviam sido identificadas para testes.

“As autoridades de saúde pública aconselharam que nenhum hóspede poderá desembarcar até que todos os resultados tenham sido recebidos”, afirmou.

“Com muita cautela, todos os convidados que foram identificados para testes foram solicitados a permanecer em suas cabines.”

As autoridades japonesas disseram na semana passada que um turista britânico que estava a bordo de outro navio de cruzeiro da empresa, o Diamond Princess – que estava em quarentena no Japão – morreu após contrair o coronavírus.

Na quinta-feira, um paciente com condições de saúde subjacentes se tornou a primeira pessoa no Reino Unido a morrer depois de também ter resultado positivo para o vírus.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *